© 2017 por IIAAP                                                                                                                                       Política de Privacidade

O coaching é uma relação profissional estabelecida entre o coach e o seu cliente (coachee), ajudando este a produzir resultados extraordinários nas várias dimensões da sua vida, seja pessoal, seja relacional, seja profissional.

Essa relação profissional desenvolve-se ao longo de várias sessões , sendo totalmente orientadas a um objectivo e com uma agenda do cliente, dentro do seu quadro de referência.

 

Através deste processo, o cliente aprofunda o seu auto-conhecimento, consciencializa-se do que tem ao seu alcance e o que terá que desenvolver para atingir o seu objectivo, responsabilizando-se e comprometendo-se pelas acções a tomar de uma forma natural e intuitiva.

O coach, identificado com a filosofia do coaching e detentor das competências adequadas, escuta activamente e vai fazendo perguntas abertas que ajudarão o cliente a reflectir e a motiva-lo para a acção, tudo dentro dos princípios da ética profissional e da confidencialidade.

O coaching não é terapia, nem consultoria, nem aconselhamento. O coach parte do estado actual em que se encontra o cliente e respeita o objectivo do cliente.

COACHING

LIFE COACHING

É um processo que terá objectivos no âmbito das várias dimensões da vida, mais ou menos profundas, promovendo o auto-conhecimento do cliente, bem como a sua auto-estima e estimulando o cliente para a acção.
Pode estar relacionado com qualquer vertente da vida do cliente, como por exemplo, a saúde, os relacionamentos, as finanças, a carreira profissional, a gestão do tempo, a família, etc.

ENTERPRISE COACHING

É um processo de âmbito empresarial  em que os objectivos  estão relacionados com o fazer e saber fazer melhor, com a gestão da mudança a vários níveis da organização, com a gestão estratégica, com a motivação, com a importância do alinhamento do SER com o FAZER, com tomadas de decisão relativas aos desvios dos objectivos empresariais e com as relações inter-pessoais e inter-hierarquicas muito relacionadas com aspectos da inteligência emocional.

O desenvolvimento deste processo deve ser feito com o esclarecimento pleno das responsabilidades das partes envolvidas. Nesta contratação, é frequente a existência de uma terceira entidade, o sponsor, que é quem de facto contrata o serviço. É com esta entidade que se estabelecem os objectivos do processo de coaching, contudo, serão os seus colaboradores que serão de facto os clientes do coaching.

Ainda na fase inicial (pré-contratação) é fundamental que o coach esclareça o sponsor quanto às várias formas que o coaching poderá assumir no meio empresarial e em que medida o mesmo poderá variar, consoante o departamento da empresa, as funções dos colabradores e sobretudo o cliente, enquanto pessoa e profissional.
Um aspecto particularmente crítico neste processo é o acordo de confidencialidade, nestes casos feito a 3 partes e que determinará aquilo que o coach deverá e não deverá transmitir ao sponsor sobre o cliente e também sobre toda a informação que o coach irá recolher sobre a organização e que será fundamental o seu sigilo sobre a mesma para que se crie uma relação de confiança.